31 de mai de 2009

A comitiva do Raio q Uparta no Festival Bananada - Goiânia

Hey Hey Hey no Festival Bananada (Foto por : Luiz Cochi)

Bem, estava eu a acompanhar a comitiva dos três integrantes da Hey Hey Hey que realizaram a grande jornada de 40 horas até Goiânia, afim de realizarmos a demanda que era levar esse som maravilhoso e criativo que é o som da já citada banda. Mesmo a luz do sol trazendo más notícias a cada dia que antecedeu nossa jornada, nossos ânimos não se abateram e com a sagacidade de quem quer enfrentar o mais poderoso (foderoso) público ensandecido deste lado das terras Roqueiras, conseguimos embarcar às pressas, para a Meca do Hard Rock no Centro Oeste, ainda na cidade de Porto Velho enfrentando congestionamentos, horários apertados e o mago maior de todas as desistências : a (falta de) grana. Enfim embarcamos para Goiânia, os ânimos quase surpresos de termos conseguido as passagens e a coragem fitando o horizonte distante das paragens que iríamos desbravar.

Chegamos no Sábado, atrasadíssimos, fomos na van direto para o almoço, muito bem recepcionados pelo pessoal do evento, pegamos um quarto e descemos pra cidade comprar sucos, batatas fritas e (lógico) bebidas.

Girlie Hell (Foto por : Luiz Cochi)
A noite cai e lá vamos nós para o Martin Cererê, chegamos mais ou menos na hora que começou a primeira banda, Girlie Hell, que tinha em sua formação só meninas, entre elas uma baixista que em muito me lembrou o Joe Ramone, um sonho de garota, mas meu caráter fiel e romântico só me permitiu admirar aquela beleza punk. As músicas seguiam uma trilha Hard rock com letras em inglês, era perceptível que a banda tinha pouca estrada, mesmo assim foram uma ótima escolha.

T.S.A. entra com um Rock mais pesado e um pouco melódico, um power trio com letras em inglês e um tanto intimista. Gostei e ele começaram a animar o festival. Depois tocou Sangue Seco, que não me atraiu muito, mas mostrou com muita responsabilidade seu punk rock.

Hey Hey Hey (Foto por : Marina Marques)
Estive com a Hey Hey Hey no palco passando som, como roadie claro! Visto que nem de longe minhas habilidades suprem os requisitos para integrar a banda, assisti a passagem de som como um fã descabelado enquanto coisas estranhas aconteciam no back stage. Vi também caras famosas de pessoas que esperavam para ver o Show. Eles começaram com uma música nova em que Fiorelo faz um som metalizado tocando na ponta do cabo da guitarra, “Não pare de Fumar”. Foi assim, fraquinho, pra dentro, como só a voz do fiorelo é, mas chamou a atenção, aliás a escolha dessa música para abrir foi ótima. Neila, como eu nunca havia visto, animada, sem aquela cara amarrada, até ensaiou uns sorrisos. Como nós comentamos depois: “Ela tava tirando onda mesmo!!” dançando com o tecladinho na mão ou com o baixo. A apresentação vai ficar como uma das que eu guardarei, tudo soou perfeito, o Gabriel pisava no bumbo e a grade tremia feito o efeito de uma bomba, Filipe cantou demais e o show não foi linear ou monótono, foi crescendo e no fim, quando eu vi fiorelo no baixo pensei:“putz, 40 horas de viagem e já ta terminando.” De tão envolvente aqueles 30 minutos pareceram menos, muito menos.

Gabriel, Fiorelo e Neila sendo entrevistados (Foto por : Luiz Cochi)
Depois da apresentação se seguiram entrevistas, enquanto Marcos Felipe falava com o pessoal do Cubo, Neila, fiorelo e Gabriel davam outra entrevista, estas não foram as únicas mas foram tantas que nem assisti a banda que tocou depois deles. A receptividade foi enorme, vários nomes da cena diziam para um ou outro integrante de que eles tinham de cair no circuito e rápido!

Ouro Showzasso foi da MQN, Teatro hiper-lotado, um calor brutal, mosh de mulher bonita (e não era contratada) e muita, muita energia e bebida voando pra todo lado. A noite estava fria, mas o teatro em eles tocaram parecia uma panela de pressão com as pessoas saindo ao final e vindo todo aquele calor lá de dentro. Fantástico e inesquecível.

O nosso Segundo dia foi o mais atribulado, tivemos de ir duas vezes à rodoviária afim de mudarmos nossas passagens e tentar ficar mais um dia. Quase perdemos a passagens já tiradas para voltarmos no domingo, o que nos deixaria ilhados em Goiânia até conseguirmos mais passagens. No fim conseguimos, mas não sem perder boa parte do início do festival. Não conseguimos assistir nem a Boddah Diciro, uma das minhas expectativas. Chegamos ao Martim já na hora da Versus AD, devido aos nossos preparativos do lado de fora só vimos o final dessa banda, sendo que a Fígado Killer a gente assistiu de verdade, bem, o nome já denuncia o estilo da banda.

Mamelo Sound System ( Foto por : Luiz Cochi)
O grande destaque desta noite foram as banda de Hip-Hop Projeto Manada e Mamelo Sound System, que trouxeram uma energia totalmente diferente da já vista, ganhando elogios de todos presentes. Um outro destaque foi também a banda de GO a fechar o festival : Mugo, explosiva sem ser mais do mesmo. Uma banda que vem com uma proposta diferente de Rock performático e pesado.

Depois de tudo, o retorno aconteceu até mais rápido, estávamos há uns dois dias sem dormir direito então o primeiro dia de ônibus nem passou direito, dormimos como pedras. Mesmo sem ter quase dinheiro algum sobrevivemos a mais dois dias de viagem, comendo pão e queijo barato comprado nas padarias mais bagaceiras do Brasil. Um abraço aos que foram e sobreviveram.

Com certeza a Hey Hey Hey entra pro circuito das bandas independentes que rodam os festivais. Sorte aos garotos e que a cena em RO cresça junto com vocês.
Por : Luiz Cochi

28 de mai de 2009

Vaga aberta para o Festival Casarão

O Festival Casarão, que na sua décima edição estará contando com Pato Fu, Ratos de Porão, Moptop, entre outros, estará disponibilizando uma vaga à disposição paras as bandas que se inscreverem numa votação que será realizada via orkut. As bandas poderão se inscrever até o dia 03 de Junho. A banda que for escolhida irá tocar no dia 06, que terá como headliner o Ratos de Porão.

Mais informações na Comunidade do Orkut do Festival Casarão.

Por : Ramon Alves

25 de mai de 2009

Noite da Tortura

Nois é Cowboy no Garagem Rock Fest
No dia 30 de maio, a partir das 21h, acontecerá o evento Noite da Tortura, que infelizmente significará o último evento na Sede do Casarão, que deixará de funcionar a partir de junho. O evento, organizado por integrantes das bandas Dígitos, Ultimato e Nois é Cowboy, já contabiliza o quarto organizado nesse primeiro semestre, e o terceiro na Sede do Casarão. O evento vai contar com as bandas:
  • Nois é Cowboy
  • Digitos
  • Sanctify
  • Destroy
  • Morcruz
  • Coveiros
Pra os fãs de um som mais pesado, fica aí a sugestão.
Por : Ramon Alves

23 de mai de 2009

Hey Hey Hey! no Festival Bananada 2009

Nos dias 22 a 24, acontece em Goiânia o Festival Bananada, um dos maiores festivais independentes do Brasil, cujo conceito aponta para bandas locais e para bandas preocupadas com uma pegada firme, dentro e fora dos palcos. Serão três dias do mais puro rock n’ roll independente, além de debates e palestras, que já estão acontecendo desde quarta-feira.

Esse festival, que foi considerado pela Revista Bravo! o festival de maior relevância da música brasileira na atualidade, vai contar na sua edição 2009 com a portovelhense Hey Hey Hey!, que irá representar Rondônia no além-mar do cerrado brasileiro. Conversamos com o Gabriel Dantas, baterista da banda, a respeito da participação da banda no festival. Confira a seguir :


Hey Hey Hey! em ação no Churrasco n' Roll

Raio - A Hey Hey Hey! vai tocar nesse sábado no Festival Bananada, em Goiânia. Quais são as expectativas da banda com relação ao show e ao evento como um todo ?

Gabriel - Bom, nossas expectativas são muito boas, quando recebemos o convite ficamos muito felizes. Quanto ao show, acho que vai ser bem diferente por que das músicas que estão no repertório, só duas ,se não me engano, são antigas e o resto é tudo nova, com essas novas músicas dá de perceber que a banda deu uma amadurecida, acho que vai ser bem legal. E pra nós tocar no Festival Bananada é uma satisfação muito grande, que é um festival bem conceituado, com o nome bem conhecido, esse acho que já é o 10° ano do festival, e pra gente poder participar de um festival desse nível é muito bom.

Raio - Vocês lançaram recentemente o EP 'Nem Tudo Que Vem de Você é Barulho.'. Encarando o fato de que a Hey Hey Hey! costuma lançar trabalhos com um conceito, além de músicas bem trabalhadas, esse EP segue essa linha de trabalho ?

Gabriel - Ele vem seguindo essa linha sim, o EP "Nem tudo que vem de você é barulho" já era pra ter sido lançado já faz um tempo, mas as duas músicas que gravamos não foram finalizadas, mas graças ao nosso amigo Raphael da Banda Di Marco de Ji-Paraná, que deu uma melhorada nas músicas, e porque também tínhamos que fazer uma festa pra levantar grana pra conseguir ir pro Bananada, fizemos meio às pressas, mas deu certo. Mas nesse ano ainda vamos tentar lançar um novo EP com as músicas novas.

Raio - Vocês têm em vista a participação em mais algum festival nesse ano ?

Gabriel - Têm algumas possibilidades, mas até agora nada confirmado. Nessa semana passada teve o 1° Encontro de Bandas de Rock em Cacoal, gostaria de aproveitar até pra pedir desculpas, a gente tava confirmado pra tocar, mas não fomos por que a grana da primeira festa que fizemos foi roubada e não tínhamos como ir.

Raio - O Eduardo (Inimigo do Rei), da Sangue Seco, já declarou satisfação em tocar no mesmo festival que a Hey Hey Hey. Qual banda que vocês esperam ver no Bananada ?

Gabriel - Pô, a gente quer ver muito: MQN (Goiânia - GO) ,é claro, muito foda ; Johnny Suxxx & The Fuckin' Boys (Goiânia - GO), Sangue Seco (Goiânia – GO) isso no sábado, e nos outros dias: Diego de Moraes e o Sindicatto (Goiânia - GO), Filomedusa (Rio Branco - AC), Mamelo Sound System (São Paulo - SP), e a Boddah Diciro (Palmas - TO). Eu particularmente gostaria de prestigiar todas as bandas, pois não conheço todas elas, e sempre têm bandas muito boas. E é isso aí, agente espera conseguir ir de boa e voltar com novas idéias, novos amigos, etc... e como diz o meu amigo Andergordo: Um ABRAAAAAAÇO!

Por : Ramon Alves

18 de mai de 2009

Bandas escolhidas para a seletiva de Heavy Metal do Festival Casarão

No Dia 14/05 foram escolhidas as cinco bandas que irão participar da Seletiva do Festival Casarão, sendo que uma dessas bandas será escolhida pelo público no dia do evento (29/09) para participar do Festival Casarão, que acontecerá nos dias 04, 05 e 06 de Setembro. As bandas são :

  • NEPHTIS
  • TRENDKILL
  • VÓRTICE
  • SANCTIFY
  • AMAZONAUTAS

A Seletiva do Festival Casarão é um evento realizado por uma parceria entre o Festival Casarão e Cogumelo Nuclear. Maiores informações a respeito da seletiva pelos celulares 8403-8321 e 8405-1714.

Por : Ramon Alves

15 de mai de 2009

Exposição de Fotografia Digital - Um Olhar Turístico Sobre Rondônia

Nos dias 15,16, e 17 de maio ocorrerá a Exposição de Fotografia Digital - Um Olhar Turístico Sobre Rondônia na Casa de Cultura Ivan Marrocos, das 15h às 20h. O evento, que está sendo realizado pela Web Rádio PVH CAOS, é uma exposição totalmente digital, e irá contar no último dia da exposição com uma apresentação de música ao vivo.

De acordo com a divulgação do evento, o intuito dessa exposição é divulgar a beleza do estado de forma inovadora no formato digital, plataforma tal, que gerou a popularização da fotografia, dando oportunidade para fotógrafos amadores descobrirem a magia da fotografia. Vale a pena conferir!

Por: Ramon Alves

13 de mai de 2009

1º Encontro de Bandas de Rock em Cacoal


Sábado, dia 16 de maio, acontecerá em Cacoal o 1º Encontro de Bandas e Coletivos do Estado de Rondônia. O evento contará com a participação de bandas das quatro cidades representadas nesse encontro (Porto Velho, Ji-Paraná, Cacoal e Vilhena), como a portovelhense Hey Hey Hey, o punk vilhenense da Enmou, a volta da Tatudikixuti, de Ji-Paraná, e a vencedora do Festival Solaris de Bandas Novas de Cacoal, C4.

De acordo com Fernando Meloni, um dos idealizadores do encontro, o encontro busca a divulgação das bandas locais e seu material autoral, além de estreitar os contatos através de intercâmbios, uma vez que Cacoal não possui uma cultura de festivais.

Outro ponto importante a ser destacado é o Encontro de Coletivos do Estado de Rondônia, que acontecerá dia 17 de maio, às 10h da manhã, aonde estarão representados os coletivos : Raio Q Uparta, Interior Alternativo, Vilhena Rock e ACRO (Associação Roqueira de Ji-Paraná). O encontro visa o planejamento conjunto para a formação do Circuito Rondoniense de Música Independente, buscando uma parceria forte dentro do estado.


Por : Ramon Alves

Lançamento do EP da Hey Hey Hey - Nem Tudo que Vem de Você é Barulho


Dia 15 de maio, vai rolar na Sede do Casarão, o lançamento do EP da banda Hey Hey Hey - Nem Tudo que Vem de Você é Barulho. O evento, que também vai contar com a participação da banda T.R.A.P, irá começar às 22h, com a entrada a R$10, e os primeiros 30 pagantes receberão o EP da banda.

Confira também o clipe feito pelo Interior Alternativo para a música Nem Tudo Que Vem de Você é Barulho, que dá nome ao EP.




Por : Ramon Alves